O guia completo e definitivo para te ajudar a (começar) vender brigadeiros da forma certa

[one-half-first]-Ex-estudante de medicina ganha R$ 1,5 milhão vendendo doces

Estudante de medicina ganha R$ 1,5 milhão vendendo doces [/one-half-first][one-half]Empreendedora fatura R$ 720 mil só com brigadeiro empreendedor

Empreendedora fatura R$ 720 mil só com brigadeiro [/one-half]

[one-half-first]Empreendedora monta bike para vender brigadeiros e doces finos

Empreendedora monta bike para vender brigadeiros e doces finos [/one-half-first][one-half]Demitido vende 'brigadeiro intelectual' na rua Augusta Demitido vende brigadeiro intelectual na rua Augusta [/one-half]

[one-half-first]Para pagar viagem, jovem junta R$ 9 mil em 3 meses vendendo brigadeiros

Para pagar viagem, jovem junta R$9 mil em 3 meses vendendo brigadeiros [/one-half-first][one-half]Casal fatura R$ 3 mil por mês com brigadeiros alcoólicos

Casal fatura R$ 3 mil por mês com brigadeiros alcoólicos [/one-half]

 

 

 

 

 

Eu sei que essas reportagens já são bem conhecidas e você já tinha as lido antes. E sempre que você vê esse tipo de reportagem, você se pergunta: será que dá dinheiro mesmo fazer brigadeiro para vender?

Será que dá dinheiro fazer brigadeiro para vender?

Será que o mercado já não está saturado de tanto brigadeiro?
Será que ainda tem espaço para você?
Será mesmo que dá para ter uma renda extra com brigadeiros?

Não, o mercado não está saturado de brigadeiros. O mercado está saturado das mesmas ideias, das mesmas formas de se vender o brigadeiro.

O mercado está cansado de brigadeiros que se dizem gourmet e não são. O mercado está saturado de falsas promessas.

Pelas reportagens, dá para ver que o brigadeiro é lucrativo sim. Se tem pessoas que conseguem lucrar com ele, é porque ele é uma boa oportunidade mesmo.

O grande ponto da lucratividade de um produto também está em quem está vendendo esse produto. Porque:

o brigadeiro é lucrativo sim

Não são ideias que dão dinheiro.
São pessoas que desenvolvem ideias que vão dar dinheiro.

Então, se você ainda está se perguntando se ainda existe lugar no mercado para você e seus brigadeiros. Eu lhe respondo que: sempre vai ter lugar sim.

O ponto é fazer diferente, é fazer melhor. Se você olhar em todas as reportagens acima, elas têm algo em comum. São pessoas que fizeram algo de alguma forma diferente.

Essas pessoas fizeram diferente. E elas acreditaram nelas mesmas.

Mas não é para mim... Eu nunca vou conseguir ganhar dinheiro com brigadeiro

Se você pensa assim, realmente não vai conseguir. Você é o que você acredita!

Se você acredita que não vai conseguir, não vai conseguir mesmo não. Porém, se você acredita que consegue, então você vai conseguir. Com toda certeza!

O sucesso da venda dos seus brigadeiros começa em você. O primeiro passo é acreditar que vai dar certo.

O segundo passo é entender que o maior fator de sucesso da venda dos seus brigadeiros está em você mesma. Está no seu jeito único de ser, está na forma única que você tem de olhar para o mundo e para o seus doces.

Copiar ideias, copiar receitas, copiar negócios, não vão te levar a lugar algum. Isso porque as pessoas que já criaram seu negócio de sucesso, elas criaram em cima delas mesmas.

Você não consegue copiar pessoas. Não consegue copiar personalidade, ideias.... E é por isso que copiar ideias de negócios não dá certo.

Porque você vai copiar algo superficialmente.

Quem cria um negócio de sucesso, cria com toda a garra, coração, suor, força. E é por isso que eles dão certo, é por isso que eles são de sucesso.

Pensando nisso, comece com o pé no chão. Entenda que não existe sucesso instantâneo, não existe nada que vai dar certo da noite para o dia.

Entenda que para ter um negócio de sucesso de longo prazo, é preciso de muito suor, muita dedicação, muito coração, muita alma. Se você já começa com essa consciência, não tem como, ele vai dar certo. Não tenha dúvida disso!

a caminhada de vender brigadeiros precisa ser feita de alma e coração

O caminho é longo.
E a caminhada precisa ser feita de alma e coração.

A dualidade: a minha ideia não existe, será uma pegadinha ou uma oportunidade?

Até agora você já sabe que existe uma grande oportunidades para lucrar com brigadeiros se você fizer seu negócio melhor e diferente. Se investir nele todo o seu coração, colocar nele toda a sua força.

Então aparece a pergunta que nunca quer calar: eu tenho uma ideia diferente de negócio.

Será que ela vai dar certo porque ela não existe?

Ou será que não existe justamente porque não é uma boa ideia?

E não existe resposta para ela. Justamente porque pode ser sim uma ótima ideia que não existe. Ou pode ser sim que ela não existe porque alguém já tentou e não deu certo.

Mas pode ser que você tente fazer o que alguém não conseguiu fazer e você pode conseguir. Se alguém não conseguiu, não quer dizer que não é uma boa ideia. Só quer dizer que alguém não conseguiu executar aquela ideia de negócio da forma dela. Simples assim.

Portanto, a melhor forma de começar a sua venda de brigadeiros da sua forma única é através do modo start-up, ou modo comece com o mínimo possível.

Comece a sua ideia de negócios de brigadeiros com o mínimo possível

Eu já escutei inúmeras histórias assim: tive uma ideia, vou vender o meu carro e, se Deus quiser, vai dar tudo certo.

Vou pegar um empréstimo porque a ideia que eu tive é uma super ideia e vai dar tudo certo.

Por favor, não faça isso!

Comece conscientemente a sua venda de brigadeiros. Comece com o mínimo que você consegue investir.

Se um carro é pouco para você, de tal forma que se você perder esse dinheiro, não vai lhe fazer falta, então vá em frente e invista-o. Invista comedidamente e comece seu negócio de brigadeiro com o dinheiro do seu carro.

Mas, se você está naquele ponto, como eu estava quando comecei a vender brigadeiros, e não tem dinheiro em que te arrepia falar em investimento, porque você mal tem o dinheiro para comer. Então, siga as minhas ideias. Comece com o mínimo possível.

O que você precisa para começar a vender brigadeiros?

Você precisa de matéria prima e de panela. Somente. Veja aqui como eu comecei a vender os meus brigadeiros.

Veja as receitas que eu tenho aqui no blog de brigadeiros. Comece com os tradicionais. Depois coloque em seu cardápio aqueles que são sua cara e comece assim mesmo.

Faça sempre essa interação do que os seus clientes gostariam de comprar com a sua forma única de fazer seus brigadeiros. Esse é um dos pontos da diferenciação do seu negócio.

Compre o chocolate, os confeitos, a manteiga, o leite condensado, as forminhas e algumas embalagens para transporte. Somente! Com R$ 100 reais, você consegue comprar todos esses ingredientes e começar com seus brigadeiros.

Esse é o mínimo que você precisa para começar.

Você precisa disso e do seu capital humano para divulgar na internet os seus brigadeiros para encontrar clientes.

O grande ponto aqui é começar com esse mínimo investimento e fazer o negócio de brigadeiros rodar com a própria venda dos brigadeiros.

Como começar a sua venda de brigadeiros

Como começar a sua venda de brigadeiros?

Agora que você já sabe que o seu sucesso só depende de você, vamos começar a planejar o seu negócio.

Quanto mais você planejar antes de começar, melhor será. Não quero dizer que você tem que planejar tudo, nos mínimos detalhes... nada disso!

É preciso fazer bem feito! Para fazer bem feito, é preciso pensar bem no que está fazendo.

Outro ponto de que não adianta planejar tudo nos mínimos detalhes é que, uma ideia nova, um negócio novo, sempre vai sofrer muitas alterações de acordo com o mercado e com as suas ideias.

Não se limite! Não se prenda às suas ideias!

Ajuste seu negócio, a sua ideia de negócio, com o que seus clientes querem pagar.

Essa é a fórmula: o equilíbrio entre o que você quer fazer com o que seus clientes querem pagar.

Outro conselho que te dou é: leia muito, invista em conhecimento!

Você não precisa ser uma sabe tudo de todos os detalhes do seu negócio, ninguém realmente sabe.

Mas o conhecimento, o aperfeiçoamento também vai guiar o sucesso da sua venda de brigadeiros, ou de qualquer coisa.

De novo, você não precisa saber de tudo, ler todos os livros para começar.

Você precisa agir para começar, para fazer acontecer.

Mas nunca deixe de aprender, nunca deixe de investir em conhecimento.

Não pare para aprender. Comece agora.

Leia e aprenda muito durante seu caminho no empreendedorismo.

para quem vender brigadeiro

Brigadeiro tradicional x Brigadeiro gourmet - quem será seu público alvo?

Qual receita de brigadeiro devo utilizar?

Com ou sem creme de leite?

Chocolate nacional ou belga?

Caixinha personalizada ou craft?

Antes de entrar nessas respostas, deixa eu te contar uma história.

Eu morei em Sorocaba e morava em um setor mais afastado, perto da prefeitura. Não tinha comércio por perto, não tinha nada.

Próximo à minha casa tinha uma "padaria". Eles vendiam pão, salgados e tinham uma mercearia, que mais era um empilhado de coisas.

Era uma portinha bem simples, era um estrutura familiar. Enquanto a moça atendia, o moço fazia o pão na chapa.

Mas, ali naquele setor, tinham condomínios fechados e algumas indústrias.

Eu devo ter ido nessa padaria umas duas vezes só. Foram aquelas vezes que eu estava com muita preguiça mesmo de pegar o carro para ir comprar alguma coisa.

E acredito que para as pessoas da região deveria fazer o mesmo. Afinal, o lugar sempre estava tranquilo.

Depois de uns 6 meses, abriu no mesmo quarteirão dessa padaria, uma padaria gigante. Era da rede mais tradicional de Sorocaba e que fazia a melhor coxinha da região.

Melhor coxinha mesmo! Se eu fosse você, eu não deixaria de a conhecer caso você for em Sorocaba.

O que a coxinha tem de mais?

Ela é perfeita. Crocante por fora, macia por dentro e muuuuuuito catupiry. Ou seja, nada mais do que o esperado.

Ela é bem cara. E faz o maior sucesso.

Esse detalhe é só para te lembrar que não precisa de muito para fazer sucesso com comida. Basta fazer comida de verdade e cobrar justamente pelo o que você você faz.

Voltando ao que interessa...

Eles abriram uma mega padaria, com confeitaria, mercearia, frutaria, almoço, pizza... Uma senhora padaria!

Dai, eu te pergunto: o que você acha que aconteceu com a portinha da padaria ao lado?

Será que ela faliu?

Longe disso. Não aconteceu nada com ela.

Sabe por que?

Porque as duas atendem a públicos diferentes. Elas não são concorrentes, apesar de estarem no mesmo ramo.

A portinha atende basicamente os funcionários das indústrias e a senhora padaria atende o pessoal dos condomínios.

Por isso que a parte mais importante para começar a vender brigadeiros é entender bem o seu público alvo.

Para quem você vai vender brigadeiros?

Você acabou de entender que você não vai vender brigadeiros para todo mundo. Todo mundo não está interessado no seu brigadeiro.

Você vai vender para um grupo de pessoas, o seu público alvo.

Alguns públicos vão exigir alta qualidade, outros vão exigir volume, outros vão exigir embalagens...

É preciso entender se o que você quer vender está adequado para seu público.

Aqui do lado de casa tem um boteco, daqueles copos sujo mesmo sabe. E logo ao lado tem uma super padaria.

No boteco é vendido sorvete de uma marca qualquer, bem baratinha mesmo. Na padaria é vendido Ben & Jerrys.

Se você não conhece Ben & Jerrys, eu já te conto que um potinho bem pequeno custa vintão e é maravilhoso o sorvete.

Já imaginou se o boteco do copo sujo tentar vender Ben & Jerrys?

Ou se a padaria tentar vender uma marca qualquer de sorvete desde que seja muito barata?

Concorda que ambos não vão ter sucesso de vendas?

É justamente nesse ponto em que quero chegar para você. É preciso vender para o público certo.

Se as pessoas não querem pagar pelo seu brigadeiro, é preciso investir em ingredientes mais baratos. Não dá para usar Callebaut!!!

Eu recebi um email esses dias de uma moça contando que ela usa Callebaut e que todo mundo acha o brigadeiro dela muito caro. Ou seja, eles não estão dispostos a pagar pelo Callebaut!

Ela me disse que não vai desistir, vai insistir no Callebaut.

E pode ser que não dê certo. Simplesmente porque algumas pessoas não vão ver valor no Callebaut, da mesma forma que algumas não pagariam pelo Ben & Jerrys.

E está tudo certo...

É como eu te disse: o objetivo é encontrar o equilíbrio entre o que você quer fazer e o que seus clientes estão dispostos a pagar.

Se você quer fazer brigadeiro e seus clientes querem comprar um brigadeiro, já é um ótimo caminho.

Agora, é preciso entender se eles preferem: qualquer coisa boa, a melhor qualidade, ou literalmente qualquer coisa.

Depois de entender o lado deles, dai você faz a adaptação do seu brigadeiro.

Mas, eu vou ter que escutar a todos os clientes?

Claro que não. É preciso ter um bom senso aqui!

Não dá para escutar sempre todo mundo. Pelo menos não literalmente.

Mas é preciso entender o que seus clientes estão pedindo e muitas vezes é preciso escolher uma linha a ser seguida.

Se seus clientes querem pagar por um brigadeiro mais barato e você está tranquila com isso, invista nessa linha.

Se seus clientes querem pagar por um brigadeiro gourmet, com a melhor qualidade, e você gosta disso, invista nessa linha.

O objetivo é encontrar uma linha a ser seguida, um grupo de clientes a serem servidos e investir de coração na venda dos seus brigadeiros.

divulgue seus brigadeiros pela internet

Use a internet ao seu favor

Para você que está começando, ou que está já fazendo brigadeiros em casa para vender, o melhor canal de comunicação para encontrar mais clientes é sem dúvidas a internet.

Pensa comigo:

A internet é gratuita, as redes sociais são gratuitas. Todo mundo tem acesso à internet.

Seu canal de comunicação, para encontrar e, também, para manter seus clientes é a internet.

Esqueça os cartões de visitas, os panfletos... Invista no Facebook e no Instagram!

O que você precisa saber é que a melhor estratégia de vendas nas redes sociais é a venda indireta:

É vender sem vender!

Vamos pensar juntas:

Quando você abre o Facebook, o que você está buscando?

Algo para comprar?

Ou algo para te entreter?

Concorda que ninguém abre o Instagram pensando: o que vou comprar hoje?

Por isso que sua estratégia de redes sociais não deve ser: faça sua encomenda, faça seu pedido, peça seu brigadeiro.

Lembre-se sempre: as pessoas estão ali para se divertir, não para comprar.

Sendo assim, divirta as pessoas! E no pano de fundo, mostre seus brigadeiros.

Quem não gosta de ver fotos apetitosas de brigadeiros, não é mesmo?

Mostre o quanto o seu trabalho é bom, seu carinho, seu amor pelo o que faz.

E naturalmente, seu público alvo comprará de você.

Para quem você poderá vender seus brigadeiros primeiro?

Se você está começando a vender brigadeiros agora, deve logo se perguntar:

Acabei de fazer meus brigadeiros, e agora?

Para quem vou vender meus brigadeiros?

Pense nas pessoas que você já conhece!

Suas amigas, sua família, suas vizinhas. No trabalho, na escola, na faculdade...

Espalhe a palavra para elas. Mostre o seu trabalho e incentive-as a comprar de você.

Depois que realizar a sua primeira compra, aproveite que essas pessoas são muito perto de você e peça a opinião delas:

Gostaram do seu brigadeiro?

O preço é justo?

O que elas mudariam?

O que falta no seu produto?

O que mais você pode fazer para complementar sua venda?

Entenda de coração a ajuda dessas pessoas e também entenda se há ponto de melhorias.

Escute e absorva o necessário.

Agora é hora de seguir em frente!

Onde mais você pode vender brigadeiros?

Depois que você já teve suas primeiras clientes, podemos dizer que sua ideia de vender brigadeiros já está validada.

Agora é preciso expandir o negócio.

Para quem mais você pode vender seus brigadeiros?

Pense nessas pessoas que compraram de você e que gostaram demais do seu trabalho:

Onde você pode encontrar pessoas como elas?

Quais lugares elas frequentam e que vai ter pessoas parecidas com ela?

Por exemplo, será que algum desses lugares você encontraria clientes como elas:

  • Escolas
  • Em frente a prédios comerciais
  • Salão de beleza
  • Lojistas de shopping
  • Pequenos restaurantes
  • Parques

 

[convertkit form=5085884]