Onde estão os clientes

Como já dizia a minha sogra, a resposta dessa pergunta vale um milhão de reais. Quem souber está feito na vida.

Você sabe como encontrar mais clientes para você?

Quando eu comecei a vender brigadeiros eu também fiquei bem perdida. Era algo bem novo para mim. Eu não tinha informação nenhum sobre o assunto.

Na verdade, eu não tinha informação nenhuma sobre negócios.

Eu comecei a minha divulgação no meu prédio mesmo. Dei uns brigadeiros para os porteiros e pedi para que eles contassem para todo mundo.

Meu esposo fazia inglês em uma escola de inglês ali perto. Dei uns brigadeiros para ele e pedi para ele divulgar lá.

É que normalmente uma escola tem uma cantina de lanchinhos. Ele levou meus brigadeiros, meus cupcakes e cakepops.

Mas não deu muito certo essa ideia. Porque o público ai não era o que eu procurava.

Eu comecei a estudar e a entender que eu estava fazendo errado. Eu precisava encontrar as pessoas certas. As pessoas que comprariam os meus doces.

Pensei então em divulgar em um lugar com público feminino. Divulguei em salão de beleza, em esmalterias.

Estava só começando a desenvolver o meu sistema.

Um sistema para que eu pudesse saber onde estava meus clientes.

Onde eu poderia encontrar mais clientes?

Um sistema?

Isso mesmo. Uma forma de descobrir onde os meus clientes estão.

Adoro desenvolver sistemas. Porque quando um sistema funciona, é fácil, é prático e é produtivo porque já sai passo a passo o que devo fazer.

Sendo assim, o sistema que eu falo não é um programa, nem um aplicativo… Se bem que seria bom ter um desses.

Meu sistema é uma forma sistematizada de fazer uma determinada tarefa.

Então, meu sistema de encontrar clientes é um guia passo a passo que eu criei para me orientar.

Eu vou compartilhar aqui com você, passo a passo, como eu fazia para encontrar clientes para vender os meus doces.

#01 A sua proposta

O primeiro passo é entender a proposta de venda dos seus brigadeiros.

Por que você vende doces?

Por que o seu negócio existe?

Acontece que o seu cliente não paga apenas por uma bolinha de brigadeiro. Dentro dessa venda, tem muito mais do que você imagina.

Vamos pensar assim: existem um zilhão de receitas de brigadeiros pela internet e aqui no blog.

O brigadeiro não é difícil para ser feito.

Todos os ingredientes são facilmente encontrados.

Por que alguém pagaria por um brigadeiro?

Pode ser, por exemplo, para ter praticidade em uma festinha de criança. Ao invés de ficar o dia todo fazendo doces, pode ser que seu cliente compre os seus brigadeiros para que ele possa arrumar a festa, não se cansar tanto, ir ao salão se arrumar…

Todas essas explicações para se pagar por um brigadeiro é o valor do seu brigadeiro. É por esse benefício que seu cliente está disposto a pagar.

Para definir um valor é preciso alinhar com a sua proposta de negócio.

Uma vez que você entende claramente o que seu cliente e o que você está disposta a oferecer, esse é o ponto de equilíbrio e de sucesso do seu negócio.

Com essa proposta bem clara, já sabemos quais tipos de clientes e quando eles vão querer comprar de você.

Então, nesse primeiro passo, já temos um indício de quem são os seus clientes.

#02 O cliente ideal

A técnica do cliente ideal pode ser aplicado aqui para entender quem são esses clientes.

Se você consegue encontrar um cliente, você consegue encontrar mais como ele.

Simples assim!

Essa técnica é o segundo passo do meu sistema.

Definir demograficamente e psicologicamente é a base da técnica do cliente ideal.

Vamos por partes…

Como definir onde seus clientes estão?

Eu quero que você pegue um cliente que você já tem. Aquele cliente que você sonha que todos os seus clientes fossem como ele.

  • Qual o nome desse cliente?
  • Quantos anos ele tem?
  • Qual a profissão dele?
  • Imagine: qual a renda que ele tem?
  • Onde ele mora?
  • Quais locais ele costuma frequentar?
  • Ele tem filhos? Ele leva os filhos para a escola?
  • Ela malha?
  • Onde ele trabalha?

Com essas respostas, você já tem definido o demográfico do seu cliente. Você já consegue encontrar mais como ele.

Agora, o mais importante: o perfil psicológico.

Acontece que, quando estamos vendendo um produto, na verdade, estamos nos conectando profundamente com essa proposta. E quando eu falo em conexão, eu estou falando em sentimentos.

Estamos dentro da esfera psicológica.

E é por isso que precisamos definir psicologicamente esse cliente.

Se eu entendo as dores e frustrações desse cliente, eu consigo me conectar melhor com ele, através do que ele realmente precisa.

Dessa forma, eu vou me conectar profundamente com ele. E, ao aprender o que funciona para ele, eu consigo aplicar para os demais clientes.

Me conte:

  • Por que esse cliente compra os seus doces?
  • Qual o momento em que ele entra em contato para comprar esses doces?
  • O que ele sente ao comprar de você?

Ufa! Se você chegou até aqui, você merece meus parabéns.

Esse conteúdo é pesado mesmo!

E acredito que deve ser tudo muito novo para você também.

Mas força ai…

Vamos continuar….

  • Você já definiu a sua proposta.
  • Já definiu quem é seu cliente: demograficamente e psicologicamente.

Agora, precisamos fazer um plano: fazer com que esse cliente te encontre.

Porque essa é a melhor estratégia.

Ele vai te encontrar na hora em que ele mais precisa.

E quando ele precisa do seu produto, da sua proposta, o que ele faz?

Ele corre para a internet para procurar o que ele precisa agora mesmo.

Essa é a melhor hora para que ele dê de cara com você.

Você já vai estar se comunicando na linguagem dele e, quando ele te encontrar, ele vai se conectar com você rapidamente.

E como ele vai te encontrar?

Isso mesmo… internet.

Agora vamos listar onde na internet você pode estar presente para ser encontrado por ele :

  • Facebook
  • Instagram
  • Site
  • Google Maps
  • Foursquare

Concorda?

Portanto, para encontrar os seus clientes, você precisa ser encontrado por eles.

Se você seguir exatamente os passos do meu sistema:

  1. Tenha uma proposta bem desenvolvida
  2. Aplique a técnica do cliente ideal
  3. Esteja presente na internet

É simples e poderoso!

Written by Carolina Tomazetti

Meu nome é Carol e eu sou empreendedora digital criativa e engenheira de brigadeiros. Eu tenho mais de 2.500 alunas inscritas no meu curso online de brigadeiros que aliás, vai além de receitas, chegando no empreendedorismo, incluso precificação facilitada e vendas genuínas. Fui convidada para falar sobre a Brigadeirosa no Google GDG Sorocaba e no GTalks da UFSCAR. Além de brigadeiros, eu vou te mostrar que seu negócio é muito mais do que ganhar dinheiro. Eu faço o Movimento Empreendedorismo com Alma ::: união das suas habilidades, seus desejos com a lucratividade. Viver com significado liberdade e abundância.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *