20 dias para sair do lugar

 

Para começo de tudo, eu preciso falar de empreendedorismo. O que é o tal do empreendedorismo? Por que ele está tão na moda?

Quando no princípio das ideias, eu comecei a pensar em abrir um negócio, eu queria fazer igual a todo mundo. Bastava abrir uma confeitaria.

Bastava dar uma olhada no que a galera estava fazendo e era fazer igual.

Era ter uma confeitaria simplesmente.

E eu descobri que se eu tivesse feito isso, eu teria mais chances de levar um baita do prejuízo do que ter sucesso.

Por que fazer igual, não leva a qualquer lugar...

Fazer igual é ser mais um.

O empreendedorismo entra em ação

Em contato com o empreendedorismo, eu aprendi que estava tudo errado. Eu estava pensando tudo errado.

E, na verdade, empreendedora era o que eu queria ser quando entendi o que era o empreendedorismo.

Ser empreendedora era ser diferente, era fazer diferente.

O empreendedorismo é não copiar ideias, é não ser igual. É fazer diferente. É fazer diferença nesse mundo.

E é justamente por isso que ele começa na mudança da mente, na mudança de padrão de pensamento.

É deixar o normal de lado, para tornar algo incrível.

Isso é empreendedorismo.

A empreendedora é diferente da empresária

Uma empresária é alguém que já tem um negócio que funciona. Ela administra e seu negócio segue normal todos os dias.

Uma empreendedora está fazendo diferente. Mas o diferente pode ser que não exista, pode ser que tenha barreiras, pode ser que não dê certo.

Uma empresária pode ser uma empreendora, claro. Ela pode querer fazer diferente. Mas pode ser que nem toda empresária seja empreendedora.

Algumas pessoas simplesmente querem manter o que já deu certo, já está bom. E isso não está errado, está tudo certo.

O que existe são formas diferentes de se pensar.

É ai que entra o pensamento empreendedor, ou mindset, que eu me referi no episódio passado.

E é por isso que eu lancei essa sequência de Podcast, para contribuir com o pensamento empreendedor, para gerar mudanças.

Para te motivar a sair do lugar junto comigo e fazer diferente.

Por que tudo começa em questionar o que já é normal.

Aproveita e me conta: como você imagina seu negócio? Algo normal, ou já está se propondo em fazer algo diferente?


Carolina Tomazetti
Carolina Tomazetti

A Brigadeirsa é o destino Número #1 das doces aspirantes e empreendedoras que estão procurando ter sucesso vendendo doces. BRIGADEIRO. BOM DE COMER. BOM DE FAZER. BOM DE LUCRAR. O melhor brigadeiro do mundo para pessoas que buscam adoçar o caminho em direção a vida que sempre sonharam.

  • Carol Cavalcanti

    Também comecei pensando que simplesmente queria vender brigadeiro e ponto. “Não é tão difícil assim…” rs
    Cheguei a mesma conclusão que você: fazer igual a todo mundo não adianta…
    Procuro sempre colocar algo inesperado em meus produtos, seja no recheio, na embalagem ou até na propaganda rs
    Percebi que meu brigadeiro não pode ser só mais um brigadeiro qualquer, tem que ser o brigadeiro que vai ficar na memória das pessoas como algo bom, diferente.

  • Priscila Caria

    Então Carol,
    eu sempre quis inovar, sempre desejei algo diferente de tudo e de todos, mas ai vem o X da questão, o quê?
    Vivo com a cabeça a mil por hora com pensamentos, mas parece que não sai nada 🙁 afff
    Fiquei afastada da confeitaria por motivos de saúde e pq estava grávida, mas, estou voltando aos poucos e vamos ver no que vai dar.
    Bjim