MANIFESTO DO BRIGADEIRO

Qual é o melhor brigadeiro?

Qual é a melhor receita de brigadeiro?

O que é brigadeiro gourmet?

A resposta para todas essas perguntas são pessoais. Demasiadamente pessoais. E as recebo constantemente.

Então, aqui está a minha resposta.

Para cada pessoa, se terá uma resposta diferente. Eu vou te contar aqui as minhas respostas e o meu ponto de vista.

O melhor brigadeiro, para mim, é o meu. Estranho se não fosse. Estranho seria eu achar que eu faço o que eu aaaaaamo e que ele não seja o melhor do mundo.

É como um filho, o meu é mais bonito, é mais educado... é mais tudo. Porque é meu. Ponto.

E eu espero que o seu brigadeiro seja o melhor para você também.

E aqui entra o blog....

O Clube de Brigaderia veio para impor a receita do melhor brigadeiro?

Nunca, longe disso.

Eu acredito que o conhecimento é capaz de mudar o mundo. Só que conhecimento é algo pessoal também.

Você absorve o que é bom para você, o que é certo para você.

Não existe certo ou errado. Existe o que é melhor para você.

E certamente você já se cansou de me ouvir falar nisso.

E é a mais pura verdade!

Aqui no blog, eu compartilho parte do meu conhecimento, o que eu acredito, o que eu como, o que eu sinto, o que me satisfaz.

Não é uma imposição. É apenas um compartilhamento de informações.

Acontece que só somos capazes de decidir o que é bom para nós, através da diversidade de informação.

Quanto mais informação tiver, quanto mais riqueza de informação tiver, melhor você decidirá o que é melhor para você.

Ai entra o blog. Te contando o que eu acredito, te contando como eu gosto de fazer, como eu gosto de comer...

Então, para mim, eu compartilho aqui as minhas melhores receitas, meu modo de fazer. E o grande objetivo é só te mostrar como eu faço. E como eu me divirto fazendo isso.

É apenas um pedaço de informação para te ajudar na formação da sua.

E eu adoro ver como as outras pessoas também o fazem, no que elas acreditam... Isso também enriquece o meu conhecimento!

Lembre-se também que conhecer algo que não goste, que não se assimile, também é um conhecimento. Saber do que não se quer, do que não se gosta, também faz parte de formação do conhecimento.

E eu espero de coração que você nunca faça sempre a minha receita. Eu espero que você sempre faça do seu jeito, da sua forma, que faça seu melhor brigadeiro.

É bom fazer todos os tipos de receitas e entender o que é melhor para você.

Mas não é bom seguir a receita de alguém sempre.

É bom sempre se seguir.

Mas Carol, sua receita dura pouco, eu queria uma receita de brigadeiro que durasse mais

A minha receita dura pouco porque é o que eu acredito. Eu não acredito em brigadeiros que duram 30 dias.

O caminho mais fácil não quer dizer que é o melhor caminho.

Acontece que algo muito comum que acontece é as pessoas questionarem seu preço: afinal, é apenas um brigadeiro.

É que quanto mais fácil se é de fazer, menor é o valor que as pessoas enxergam.

Você acha que existiria comidas caríssimas de chefs, se você conseguiria reproduzir com facilidade em sua casa?

Quanto maior a dificuldade de se reproduzir, maior é o valor percebido.

A minha receita de brigadeiro não é muito fácil, não é qualquer pessoa que a acerta de primeira, não é com quaisquer ingredientes que é possível chegar no ponto bom dela.

E na verdade, não é para ser muito fácil mesmo não...

Só que uma vez que você entende como funciona, você nunca mais erra.

E por ter esse grau de dificuldade, ela vale mais.

E por durar menos, ela também vale mais.

O que você acha que vale mais: uma comida feita na hora especialmente para você? Ou uma comida de self service que está ali na bancada o dia todo?

Veja bem: eu não estou dizendo que fazer um brigadeiro que dura mais de 30 dias é errado, ou ruim.

Só estou dizendo que o valor percebido é menor.

Continuando o paralelo, eu também adoro comida de self service. Ela tem lá suas comodidades. E eu também não pagaria 100 reais no kilo do almoço.

Mas pagaria 100 reais para ir no restaurante do Olivier.

Me entende bem?

É tudo muito relativo. Não existe o jeito certo de se fazer um brigadeiro, ou um jeito errado.

Existem todas as formas. E cada forma tem seu público, cada forma tem seu valor.

Repetindo:  tem lugar para todo mundo nesse mundo. Tem lugar para todo tipo de brigadeiro nesse mundo também.

E o brigadeiro que você faz no blog, é um brigadeiro gourmet?

Para começar, o meu brigadeiro é meu e eu dou o nome que eu quiser.  hahahaha

Para mim, o meu brigadeiro é gourmet.

O gourmet é uma forma de se mostrar que seu produto tem uma qualidade superior, de alguma forma.

Só que para algo ter uma qualidade superior, também depende do seu ponto de vista.

Eu fazia brigadeiro com achocolatado e amava aquilo. Só que o chocolate em barra, tem uma qualidade superior a ele. Então, de alguma forma, meu brigadeiro tem uma qualidade superior sim. É gourmet.

Tem vários pontos para se colocar esse ponto de vista, mas é bem claro isso ai.

Mas Carol, brigadeiro gourmet tem que ter 16 gramas de brigadeiro....

Mas Carol, você usa pouca manteiga, seu brigadeiro não é gourmet...

Mas Carol, você faz vários sabores de brigadeiros, isso não é gourmet...

Na verdade, eu arrepio todas as vezes que eu escuto essas afirmações. Porque elas são quadradas, porque elas querem te encaixar em alguma coisa, em alguma fala que alguém disse. Isso é limitante, não é bom. Por isso que me arrepia.

Quanto mais você se limita, mais limitada você fica.

Porque o limite do mundo é você mesma.

Não existe nada no mundo que é absoluto, que tem que ser assim, ou tem que ser assado.

Nada tem uma forma única de ser. E aqui voltamos ao início de tudo.

Se você acredita que isso é bom para você, está certo. E isso não quer dizer que o resto do mundo está errado.

Só quer dizer que para você está bom. Ponto.

Para mim, meu brigadeiro gourmet pode ter o tamanho que eu quiser. O brigadeiro é meu, eu faço do tamanho que quiser.

Eu gosto do tamanho de 20 gramas na forminha 05 porque é um tamanho bom de saborear um brigadeiro. Só.

Eu invento vários sabores de brigadeiro porque eu acho divertido. Porque é tão legal fazer receitas fora do comum, inventar, fazer loucuras...

Eu sou feliz assim. Eu fico feliz quando faço algo diferente, mesmo que extravagante (como uma pipoca com brigadeiro).

Porque o mundo seria muito chato se no meu próprio blog, na minha própria cozinha, eu não pudesse fazer o que eu quero porque não se enquadra em um conceito que alguém disse por ai.

O brigadeiro é meu e eu faço do jeito que eu quero. Do jeito que me deixa feliz ao comer.

É bem simples.

E que seja simples para você. Que você faça da sua forma o seu brigadeiro, sendo gourmet ou não.

Que você faça a sua melhor receita. Que você faça seu melhor brigadeiro.

E que nunca deixe de passar aqui no blog para ver receitas legais, normais, fora do normais e para rir um pouco também.

Que aqui seja um lugar para enriquecer o seu conhecimento, de alguma forma.

E que tudo que você faça que lhe deixe simplesmente feliz.

Na verdade, é você que poderia me responder isso:

Qual é o melhor brigadeiro?

Qual é a melhor receita de brigadeiro?

O que é brigadeiro gourmet? =)


Carolina Tomazetti
Carolina Tomazetti

A Brigadeirsa é o destino Número #1 das doces aspirantes e empreendedoras que estão procurando ter sucesso vendendo doces. BRIGADEIRO. BOM DE COMER. BOM DE FAZER. BOM DE LUCRAR. O melhor brigadeiro do mundo para pessoas que buscam adoçar o caminho em direção a vida que sempre sonharam.