Depois que a Dri falou sobre os brigadeiros no Japão, recebi o comentário da Camila, dizendo que ela mora na Alemanha e também faz brigadeiros por lá.

Claro que eu e minha curiosidade não nos contivemos e eu fiz um monte de perguntas a ela. Veja as respostas dela:

Obrigada pelo seu interesse! Assisto muito seus vídeos e várias receitas aprendi com você 🙂
Antes de responder as perguntas, vou me apresentar. Me chamo Camila Santiago, sou carioca, moro na Europa a um ano e meio, 10 meses deles na Alemanha. Eu moro numa cidade bem pequena que faz divisa com Luxemburgo, uma das capitais financeiras da Europa, porém beeem pequenino. Eu comecei a fazer brigadeiros depois que meu namorado pediu pra eu fazer pro aniversário dele um dos bolos que ele adora: cenoura com recheio de brigadeiro. Ele levou o bolo pro trabalho, e o resultado não foi diferente: todo mundo amou! Um dos amigos disse que já conhecia os doces brasileiros, e que eram, de fato os melhores. Daí surgiu a ideia e o nome: The Sweetest Thing.

Fazendo brigadeiros na Alemanha

Qual a maior dificuldade que você encontrou quando começou a fazer brigadeiros na Alemanha?

Achar embalagens e forminhas. O europeu não é muito fã de coisas doces, e doces caseiros são só feitos lá pela época do natal. Então, pra encontrar aquelas caixinhas já prontas, ou forminhas eu tive que num lugar meio longe em Luxemburgo. E ainda assim, não tem tudo o que eu preciso. No fim, as caixinhas de tampa transparente, sou eu que faço. Achei uns vídeos na internet, e coloco a mão na massa mesmo!
Fazendo brigadeiros na Alemanha 2
Fazendo brigadeiros na Alemanha 4

Você vende brigadeiros ai? Encontrou que tipo de dificuldade ai para vendê-los?

O paladar do europeu é meio dificil de agradar haha.. eles não gostam de coisas muito doces, então eu tive que adaptar o brigadeiro normal: ao invés de chocolate ao leite, eu sempre uso o amargo e uma caixinha de creme de leite. Por eu ser vegetariana, e muito adepta a receitas veganas, eu as vezes faço tbm o brigadeiro vegano, feito com biomassa de banana verde, que tbm não fica muito doce, e tem gente que prefere assim. Eu comecei a vender os brigadeiros a pouco tempo, então por enquanto, estou vendendo pra amigos, pessoas próximas, as vezes aparece umas encomendas pelo facebook, etc. Aqui, diferente do Brasil, aonde todo mundo conhece, vai demorar mais um tempo até as pessoas conhecerem melhor o que é um brigadeiro rs...

Você teve alguma dificuldade com o leite condensado? Quais marcas já usou por ai?

Não tenho não! Tanto na Alemanha quanto em Luxemburgo eu acho em supermercados grandes. Na Alemanha, eu compro o Leite Moça (em alemão chama Milch Mädchen, que tem o mesmo significado - coloquei foto abaixo). Em Luxemburgo, por ter muitos portugueses morando por lá, eu acho de várias marcas, inclusive leite condensado em português. Mas eu me acostumei com o da Nestlé que em Luxemburgo é Nestlé le lait concentré sucré (em francês, é leite condensado- também abaixo.). Ambos custam por volta de 2 euros.

leite condensado alemão

leite condensado francês nestle

E o chocolate? Eu acredito que deve ser fácil encontrar um chocolate de boa qualidade por ai, isso é verdade?

Menina, é bem fácil! Luxemburgo faz divisa tbm com a Bélgica, e os chocolates suíços aqui tbm são bem fáceis de achar,pelo fato de estar tudo perto. Normalmente eu compro Lindt (acho de váários sabores) ou Galler (marca top Belga). Pro vegano, eu compro chocolate vegano em loja orgânica.
- Carol: eu me peguei me imaginando isso. Imagina eu, entrando em um supermercado, em que o Lindt é uma marca normal de chocolate. Eu ia me acabar.... rssss

E quanto aos confeitos?

Confeitos também acho nos mercados grandes, tanto em Lux qnto na Alemanha tbm. Tem sprinkles colorido, granulado, tem crispy, bastante variedade, pq isso eles usam pra confeitar bolo e cupcakes.

Você já fez algum brigadeiro alemão, algum sabor mais típico dai mesmo?

Como eles não tem muita receita de doce, principalmente de chocolate, não tive como ainda. Mas, como em Luxemburgo tem muito belga, na Bélgica existe um biscoito muito típico chamado Speculoos (foto abaixo) que é um biscoitinho de caramelo com um gostinho de canela, uma delícia! Daí, que eu inventei de triturá-lo e fazer de confeito pro brigadeiro de doce de leite, combinação perfeita Esse é um dos maiores sucessos!!

Fazendo brigadeiros na Alemanha 4

Gostou do trabalho da Camila?

Aproveite e siga o trabalho dela de perto. Eu fique fã.

Facebook The Sweetest Thing

Instagram The Sweetest Thing

E você, também mora fora do Brasil e faz brigadeiros? Conta ai para gente como é fazer brigadeiro ai de fora também. 😉

 

** Todas as fotos foram enviadas pela Camila. Todas são de propriedade dela.


Carolina Tomazetti
Carolina Tomazetti

A Brigadeirsa é o destino Número #1 das doces aspirantes e empreendedoras que estão procurando ter sucesso vendendo doces. BRIGADEIRO. BOM DE COMER. BOM DE FAZER. BOM DE LUCRAR. O melhor brigadeiro do mundo para pessoas que buscam adoçar o caminho em direção a vida que sempre sonharam.

  • Camila Santiago

    Oi Carol! Adorei o post,obrigada pela entrevista =)
    vc também é uma grande inspiração pra mim! beijos

    • Eu que agradeço a sua disponibilidade.
      Obrigada por tudo. =)
      Só queria ir no supermercado e comprar Lindt como se fosse um Lacta… hahahaha

      • Camila Santiago

        hahaha, se pudesse mandava pra você por correio, junto com uns brigadeiros de Speculoos 😉

        • 🙁
          Nem me fala que eu ainda to sonhando com eles.
          O João vai nascer com cara de brigadeiro de lIndt com speculoos… hahahaha

          • Camila Santiago

            haahhaha! então só resta vocês virem me visitar! 😉 beijos!

  • Bárbara Be

    Adoreiiiii Boa sorte Camila, muito legal a iniciativa

  • katia

    Nossa amei, estou aqui em Madrid e já querendo fazer brigadeiros para vender e quem sabe abrir uma pequenina tienda, a diferença com os espanhóis é que eles gostam de doces por aqui não vejo brigadeiros igual os nossos….milhões de idéias…