as cervejas para fazer brigadeiros com cervejas especiais

O grande problema do brigadeiro com a cerveja, como eu já te disse, são propriamente dois pontos: o momento da adição da cerveja e o uso do creme de leite.

Como essas cervejas são, em sua maioria, ácidas, elas devem sempre ser adicionadas por último na receita. Se você adicionar antes, você vai talhar (e detonar) a sua receita completa de brigadeiro.

Ainda por esse motivo, é sempre recomendado que você reduza as cervejas para que elas possam ser inseridas na massa. É uma grande dualidade aqui, principalmente, para as cervejas que são amargas. Pois, quanto mais você eleva a temperatura dessas cervejas, mais amargas elas ficam.

Porém, não há outra forma de colocar essas cervejas no brigadeiro sem que seja por redução. Se você não reduzir e tentar colocar a cerveja diretamente na massa, pode ser que o brigadeiro fique muito sem o sabor da cerveja. Porque o sabor delas é naturalmente suave.

Nas minhas receitas, eu não presenciei nenhum amargor que seja ruim. As cervejas que são amargas vão continuar apresentando seu amargor. Contudo, não observei que esse amargor seja tão forte. É o próprio amargo da cerveja.

Quando levar essas cervejas para reduzir, elas vão começar a diminuir de volume. O ponto ideal é quando ela começar a parecer que deixou de ser cerveja. Ela deixa de ser líquida e rala, e começa a ficar mais grossas. As bolhas de fervura começam a ficar bem intensas. Ela começa a parecer um caramelo na panela do que uma cerveja. O cheiro também fica mais intenso e trás mais o sabor especial que ela tem. É nesse exato momento que ela está perfeita para ir para o brigadeiro.

Se deixar passar desse ponto, é bem provável que ela irá queimar.

Eu aconselho que use essa cerveja reduzida ainda quente no brigadeiro. Depois que ela esfria, ela fica bem consistente e pode até grudar na sua panela.

Se tiver qualquer dúvida…

Clique aqui e faça parte do nosso Grupo no Facebook para tirar todas as suas dúvidas. =)

brigadeiro de cerveja de cereja

Cerveja de cereja

Ela parece um lambrusco, suave e delicada.

Se você não encontrar a cerveja de cereja, pode cogitar o uso de um vinho na receita. Pode fazer facilmente essa troca e também pode utilizar a mesma técnica.

1 Use um bom vinho

Não adianta usar qualquer vinho não. Use um Lambrusco ou outro frisante suave.

2  A cerveja de cereja

Em termos de sabor, ela é leve e doce. Não amarga nenhum pouco.

brigadeiro de imperial stout

Imperial Stout

Ela é forte e encorpada.

Essa cerveja é literalmente uma cerveja de degustação. É muito forte, muito amarga, com alto teor alcoólico e com notas marcantes de café.

1 Vantagens

Por ser uma cerveja naturalmente forte e bem concentrada, não há necessidade alguma de redução. Pode ser inserida nas receitas diretamente.

2 É ácida

Sempre acrescente essa cerveja no final. Como ela é muito ácida, ela vai talhar o brigadeiro todo caso ela seja adicionada no início.

3 Combina com

Ela harmoniza perfeitamente com cacau e café. Em particular as trufas são perfeitas para a harmonização. Se quiser uma situação de contraste, use frutas vermelhas ácidas.

brigadeiro de cerveja de cacau

Cerveja de cacau

A cerveja mais amarga que já tomei

Essa foi aquela cerveja de fazer careta. Sem exageros. Para mim, o amargo foi extremo.

1 O que fazer?

O sabor do brigadeiro ficou espetacular, mas o final do sabor é o mesmo amargo extremo. Em termos de receita, não há muito o que fazer.

2 A comercialização

O amargo também tem seus benefícios que é do público alvo. Pessoas mais velhas tendem a desenvolver o paladar amargo. Elas adoram esse tipo de cerveja. Você pode focar esse tipo de brigadeiro para esse público.

brigadeiro de cerveja de chocolate

Cerveja de chocolate

É gostosa e cheirosa.

Essa é sem dúvida a cerveja mais cheirosa que experimentei. O aroma da baunilha toma conta e o sabor do chocolate é muito bom.

1 Não precisa de chocolate

Na receita de brigadeiro “tradicional”, eu uso somente a cerveja sem o chocolate. Porque ela é tão gostosa que eu já achei suficiente. Mas pode ser que você queira mais chocolate na receita. Fique a vontade para acrescentar.

2 Chocolatosa

Qualquer tipo de chocolate vale com ela também: cacau em pó, chocolate meio amargo, chocolate ao leite e chocolate branco. Todas harmonizam.

brigadeiro de cerveja de cacau

Cerveja Stout

A rainha das cervejas escuras

Ela harmoniza com café e chocolate. É ótima também para assados.

1 Bolo com stout

Investir em bolo com stout é uma experiência maravilhosa.

2 Sem chocolate

O brigadeiro dela sem chocolate também fica ótimo. A adição do chocolate intensifica o seu sabor.

brigadeiro de cerveja weiss

Cerveja de trigo

A minha favorita

A cerveja Weiss (de trigo) é sem duvidas a minha favorita. Ela é encorpada, não amarga e é turva. Tem sabor frutado e lembra banana, cravo ou noz moscada.

1 Sem chocolate

Eu não gostei muito da sua versão sem chocolate. O sabor do brigadeiro fica bem apagado.

2 Chocolate branco

Pessoalmente, ela combinou bastante com o chocolate branco. Mas também pode ser feita com o chocolate ao leite.

brigadeiro de cerveja rauchbier

Cerveja Rauchbier

É forte e amarga

Não imaginava que eu poderia sentir o defumado em uma cerveja e ela me provou o quanto eu estava errada. A ideia de harmonização com ela é pronunciar ainda mais o seu defumado. Com bacon. Isso mesmo, bacon.

1 O bacon

O bacon bem feito, crocante e caramelizado é uma delícia. Combina demais com chocolate. Acredite em mim.

2 Sem bacon

Não acredita no poder do bacon + chocolate. Deixa sem o bacon. Também vai ficar ótimo só com o defumado da cerveja.

brigadeiro de cerveja black ipa

Cerveja Black IPA

Ela é cítrica e frutada

Essa cerveja é bem refrescante com o final amargo e seco. Para ficar na linha do refrescante, a minha receita de brigadeiro vai suco de laranja.

1 Pode ser limão ou tangerina

Se não quiser usar laranja, use limão ou tangerina. A refrescância do brigadeiro irá se manter.

2 A técnica é a mesma

Como são frutas da mesma família, a forma de trabalho é a mesma.

brigadeiro de cerveja de frutas vermelhas

Cerveja de frutas vermelhas

Ela é delicada e canelada.

O sabor da canela é marcante na cerveja. Para intensificar a sua refrescância, em uma receita, abusei do azedinho. E para sair da linha de intensificar, também uso salgado e amendoim para ressaltar os sabores dela.

1 Azedinho

Não dá para ficar sem o azedinho. Quanto mais ácido, melhor vai ficar. As raspas são utilizadas apenas no momento do consumo, senão elas amargam.

2 Amendoim

Ele complementa o sabor das frutas vermelhas. Acredite.

brigadeiro de cerveja

Cerveja American IPA

Ela é cítrica e amarga. Seu teor alcoólico é bem elevado. Para balancear, vai um recheio de mousse de maracujá bem azedinho e docinho.

1 Zero corante

Parece corante o amarelo da mousse, mas não é. Siga ao pé da letra a minha receita e você vai comer a melhor mousse da sua vida. Feita de maracujá da fruta e sem gelatina.

2 A cerveja

O brigadeiro que vai por fora do recheio é feito com essa cerveja. Mas pode ser feito de Stout também, é uma ótima alternativa.

 

[embed_popupally_pro popup_id=”15″]