como fazer o brigadeiro com cerveja

Sem segredos!

O grande desafio para se fazer os brigadeiros com cervejas especiais é colocar a cerveja na massa do brigadeiro na hora certa.

O grande problema do brigadeiro com a cerveja são propriamente dois pontos: o momento da adição e o uso do creme de leite.

Quando adicionar a cerveja no brigadeiro?

Como essas cervejas são, em sua maioria, ácidas, elas devem sempre ser adicionadas por último na receita.

Se você adicionar antes, você vai talhar (e detonar) a sua receita completa de brigadeiro.

Ainda por esse motivo, é sempre recomendado que você reduza as cervejas para que elas possam ser inseridas na massa.

O que é reduzir a cerveja?

A redução nada mais é do que reduzir em volume. Para reduzir a cerveja, é preciso que você leve a cerveja ao fogo e deixe ferver, para que seu volume seja reduzido.

Por exemplo, pegue 300mL da cerveja e leve ao fogo.

Use uma panela que tenha as laterais mais altas, porque a cerveja vai levantar fervura. E você não vai querer que ela derrame no seu fogão. Porque ela gruda e faz aquela lambreca.

Deixe ferver até que você comece a observar que as bolhas de fervura estão ficando mais intensas.

Você também vai começar a sentir um aroma mais intenso da cerveja.

Quando a cerveja começar a parecer um caramelo, mais viscosa, mais encorpada. Está na hora de tirar do fogo.

O que era 300 mL de cerveja, agora deve ter por volta de 50 mL.

Se ele passar desse ponto, é possível que sua cerveja queime. Tire agora e já pode colocar direto na receita do brigadeiro, desde que seja no finalzinho dela.

O grande problema em reduzir a cerveja

É uma grande dualidade aqui, principalmente, para as cervejas que são amargas.

Pois, quanto mais você eleva a temperatura dessas cervejas, mais amargas elas ficam.

Porém, não há outra forma de colocar essas cervejas no brigadeiro sem que seja por redução.

Se você não reduzir e tentar colocar a cerveja diretamente na massa, pode ser que o brigadeiro fique muito sem o sabor da cerveja.

Porque o sabor delas é naturalmente suave.

Nas minhas receitas, eu não presenciei nenhum amargor que seja ruim. As cervejas que são amargas vão continuar apresentando seu amargor.

Contudo, não observei que esse amargor seja tão forte.

A única receita em que não houve redução foi o brigadeiro de Imperial Stout. Essa cerveja é naturalmente forte e concentrada. Ela pode ser utilizada diretamente na receita do brigadeiro sem qualquer tipo de redução.

Outras ideias de cerveja no brigadeiro

Se você optar por rechear o brigadeiro com a cerveja, você pode seguir as receitas como
estão aqui apresentadas, mas não coloque a cerveja na massa.

Acompanhe o tutorial das casquinhas (shells) do livro de brigadeiros alcoólicos para fazer esse recheio.

Dai o brigadeiro que irá por fora dessas casquinhas, será o brigadeiro aqui desse curso gratuito de receitas de brigadeiros com álcool.

O uso do creme de leite

Todas as receitas aqui presentes utilizam o creme de leite em sua composição.

Se você me conhece há algum tempo, sabe que eu não tenho o costume de usar o creme de leite na bolinha do brigadeiro. Isso porque, para o brigadeiro de bolinha, eu prefiro o sabor marcante, doce e com a textura especial dele.

Ao adicionar o creme de leite, eu altero todos esses 3 fatores.

Mas, no caso das cervejas com álcool, eu achei que era necessário devido ao caráter de textura e sabor que a cerveja provoca nos brigadeiros.

O creme de leite suaviza essa textura e traz o sabor melhor da cerveja.